Vida, apenas mais uma estrada

Definitivamente. Farei da minha vida um caminho sem começo nem fim. Terei o passo leve, porém contínuo. Só ei de levar aquilo que posso suportar. Nem mais, nem menos. Somente o necessário, o essencial invisível aos olhos. Há quem poderá me acompanhar, entretanto, outros tantos serei obrigado a me afastar. Mas quando se para pra … Continuar lendo Vida, apenas mais uma estrada

Dois Extremos – Giuliano Fordelone

Confesso! Minha vontade é fraca e ambígua. Ora penso em ser hedonista e me entregar aos prazeres. Mas meu afeto cresce e vejo que sou um coração mole. Ora penso em ser um taoista e me entregar ao desapego. Mas me perco em meus próprios remorsos. E talvez este seja os extremos pelo qual me … Continuar lendo Dois Extremos – Giuliano Fordelone