21 Anos de Uma Juventude – Giuliano Fordelone

E lá vem as poesias homenagear lembranças Lembranças que jamais poderão ser esquecidas Vidas deixadas pra trás por todo tipo de juventude   Juventude incerta, insegura, distante, infantil... Buscava, entre quilômetros, um amor para cultivar E no emaranhado coisa mal ditas, caímos num abismo   Tudo fora em vão, tudo fora deixado de lado e … Continuar lendo 21 Anos de Uma Juventude – Giuliano Fordelone

Deixa-me ser – Giuliano Fordelone

Já fui o tempo Já fui a lembrança Já fui o vento Nunca perdi as esperanças E de tanto descontentamento Me restou as mudanças No meu discernimento Sou mais um em tantos outros Mas meu pedido foi indeferido Foi culpa dos astros Talvez até de um descuido Não deixei rastros Já fui querido Já fui … Continuar lendo Deixa-me ser – Giuliano Fordelone

Superar – Giuliano Fordelone

Tantos rostos e nenhum mais cativa minha admiração. Tantos corpos e nenhum mais causa-me euforia. Tantas personalidades e nenhuma chama meu desejo. Já não tenho a quem amar nem a desejar. És enfadonho a busca incessante por tal romance. Esse consumismo de corpos, egos e pessoas é fatídico! Deixe caçoar, até mesmo se preocupar pelo … Continuar lendo Superar – Giuliano Fordelone

Anos-luzes – Giuliano Fordelone

Sente-se aqui onde não mais corre a vida. Como que o mundo gira-se de ponta cabeça. No espaço já não há mais espaço de tantas tranqueiras. Pois é, a anos luz vinda até aqui, partiu-se sem se despedir. E até que não foi tão ruim, tal visita ainda ficou em mim. E o que dizer … Continuar lendo Anos-luzes – Giuliano Fordelone