Não à pátria; a favor da humanidade – Giuliano Fordelone

Não tenho amor à pátria Nem amor a terra, pois O objeto desse sentimento É a humanidade, é a cultura Tal patriotismo levou a guerra. Tal regionalismo levou a separação. Mas que com sentido unívoco de ser humano Da diversidade de cultura se faz o laço de ser humano.