Revela-te quem tu és, corpo e alma – Giuliano Fordelone

Mostre tuas vergonhas, assim como tuas maravilhas!
Belas artes que instiga a inveja dos reprimidos,
Que excita os mais soltos e desapegados de tabus.

Sejas tu, teu corpo, teu espírito, tua alma,
Fonte fecunda de sentimentos tão diversos,
Oriundos de uma única nascente, do amor latente!

 

The Green Waterways – Henry Scott Tuke (1858–1929) in Grundy Art Gallery

Contribua para o debate, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s