A Existência

Existir é mais que um fato, mais que uma constatação da realidade, é um eterno devir.

O que mais me intriga na existência são suas mudanças, como um simples fato, um simples acontecimento pode mudar sua vida, te por de cabeça pra baixo e sem mais sem menos lhe fazer questionar-se quem tu és de verdade.

A afirmação socrática, com o passar da vida e o ganho da experiência começa a se tornar mais enigmática, mais instigante. Conheça a ti mesmo!

Mas, como conhecer algo que só existe por que se adapta? Eu nunca conheci a mim mesmo, tanto como conheço agora, e amanhã, talvez, já nem me reconheça novamente.

Uma simples leitura muda as velas de direção, lhe faz ver a vida, as pessoas com os olhos da alma, com o espírito aberto e cada vez mais receptível e dócil.

Mas, o que é de fato existir? Se apenas isso me bastava ontem, já não me basta hoje. Pois existir de forma estática, não é viver… a consciência nos faz viver, ora com mais sutileza aos estímulos que a vida nos dá, ora com um pesar de indignação ao constatar como o ser humano é tão animal. Deixando de lado toda reflexão metafísica, o existir por si só é transitar por vias obscuras de uma realidade fechada em sua própria consciência!

Contribua para o debate, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s