Tempos e História, memória sem história

O bicho homem carece de memória,
Dizem ser racional, mas essa racionalização
O tornou irracional, ao menos sem consciência.

Em minha memória vislumbro em quatro dimensões
Cheiro de fogo e queimadas, pólvora e facadas.
Sinto na pele o gás e as chicotadas, no campo ou no tronco.

Fora a guerra de insultos, a polarização e segregação…
Quantos túmulos devemos erguer? Quantas vidas,
Escravizadas e roubadas por mentiras contadas!

Da melanina, da parte intima, do sexo e do gênero.
Da ideologia, da palavra, da ação fadada e do desprezo.
Do tempo, a memória, do bicho humano, a ignorância!

Contribua para o debate, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s