Visão do Futuro refletido numa Tragédia!

Quando penso no destino vejo como ele pode ser cômico comigo.
Ele me da a visão, me faz ver todos os caminhos pelo qual percorro para transforma-lo, tragédia!
Em meus pensamentos percorro trilhas, passo por ruas e becos, e corro para todas as direções procurando uma saída sem fim.
Tragédia, tragédia, tragédia…
Tudo que eu faço acaba por confirmar minhas visões do destino.
Quando creio que o futuro sou eu que faço, e de fato posso faze-lo, confirmando-o tudo aquilo que vejo.
Talvez seja um pressagio, ou apenas uma alucinação, um déjà vu sem final.
Tragédia, tragédia, tragédia…
Da comédia faço uma média, do cômico vejo um futuro icônico e nesse teatro sou eu quem pago o pato, o ganso e me faço de manso.
Feras selvagens caem em pranto ao ver que tal tragédia não tem escapatória nem sequer esperança de vitória.
Repito, pela última vez: – tragédia, tragédia, tragédia…
Não há no mundo sarcasmo que possa tirar o gosto de um círculo sem fim, tragédia…
Menti ao dizer que repetiria pela última vez, caí de novo em tragédia sem fim!

Contribua para o debate, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s