Dúvide de si mesmo

E se vocês descobrisse que todas suas escolhas foram motivadas por pré-conceitos e sugestões passada pelos seus pais? – Talvez você seria outra pessoa hoje.

E se você descobrisse que a sociedade o tempo todo lhe “doutrina” ou lhe crer que tudo que vivemos é real, os padrões, nossas crenças, nosso modo de pensar e tudo que está a sua volta? – Talvez você acordasse de um sonho que nunca soube estar sonhando.

E se você descobrisse que o senso comum fez da ciência uma religião, com dogmas absolutos, tornou você mais egocêntrico, que a vida de dinheiro-e-consumo não equivale em nada o seu trabalho e esforços? – Talvez você pensaria de forma eco-harmonizado, e desse valor ao autor de determinada obra-atividade e não na obra-atividade em si.

Pois é, duvide de tu mesmo, duvide mais ainda do que o outro fala, mais ainda das crenças, mais ainda daqueles que fala para você duvidar de si mesmo.

Contribua para o debate, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s