Na escuridão a curva é mais fechada – Giuliano Fordelone

Vejo nos teus olhos o brilho sagaz de um amanhecer.
Posso sentir seu cheiro por entre campos de rosas.
Posso te enxergar no escuro de um céu cheio de estrelas.

Me debruçar em seu corpo, afagar sua alma,
Dançar com seus lábios, e dirigir por suas curvas.
Este é um caminho que não posso percorrer.

Pois meu coração dispara, e é neste momento que sou mais eu.
Tenho medo de queimar por entre fios de seda.
Medo de tocar e quebrar sua beleza…

Contribua para o debate, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s