Belas Artes – Giuliano Fordelone

Queria, e ainda quero poder ser,
Apenas mais um artista.

Me parece tão fácil enfrentar essas inconstâncias pela arte,
E suas diversas formas da Filosofia Estética.

A música que toca o íntimo,
A pintura que nos remete as lembranças.

E o que dizer das poesias?
Elas tão belas, contidas em músicas.

Essas tão simétricas,
Contidas em pinturas.

E o que dizer das esculturas?
Se pudesse moldava seu rosto em mármore.

E nas artes eternizaria cada lembrança, cada gesto,
Cada toque, melodia, pintura e você…

Ah o que dizer dessa arte mais bela que as Belas Artes?
Perfeição cheio dos defeitos, paradoxos sem efeitos.

Contribua para o debate, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s